domingo, 6 de julho de 2008

Os 50 maiores pintores portugueses do século XX

Provando que não somos apenas um País de poetas, eis meia centena de Artistas do Pincel. E todos a necessitarem de (re)visitas. Voltarei ao tema... Ah, e se alguém tiver um destes em casa, pode ter a certeza que vale muito guito...

Almada Negreiros
Dominguez Alvarez
Amadeo Sousa Cardozo
Fernando Azevedo
René Bertholo
Carlos Botelho
Pedro Calapez
Carlos Calvet
António Carneiro
Mário Cesariny
Columbano Bordalo Pinheiro
Costa Pinheiro
Cruz Filipe
António Dacosta
Mário Eloy
Dórdio Gomes
José de Guimarães
Helena Almeida
João Hogan
Júlio
Fernando Lanhas
Álvaro Lapa
Fernando Lemos
José Malhoa
Maluda
Abel Manta
Bernardo Marques
Jorge Martins
Menez
Moniz Pereira
Graça Morais
Nadir Afonso
Noronha da Costa
António Pedro
Jorge Pinheiro
Júlio Pomar
Paula Rego
Júlio Resende
Joaquim Rodrigo
Sá Nogueira
Santa Rita Pintor
Cruzeiro Seixas
Nikias Skapiniakis
Ângelo de Sousa
Aurélia de Sousa
Sousa Lopes
João Vaz
Vespeira
Eduardo Viana
João Vieira

11 comentários:

Hagarrakyman disse...

Tive o privilégio de conhecer Sá Nogueira. Foi meu professor de Desenho na Coop. Árvore, no Curso de Arquitectura. Uma pessoa fantástica e um professor formidável. Com ele aprendi a usar os sentidos na execução de um desenho de modo a obter-se movimento e expressão. Foi uma experiência inesquecível.
Fernando Lemos? O meu irmão? Mas ele só pinta borradas! Por acaso algumas até são giras...

Tulius Detritus disse...

Curiosamente também conheci pessoalmente o Nadir Afonso numa festa de aniversário dele, em Chaves, há mais de 30 anos... queiram ou não acreditar, a festa de aniversário foi um piquenique no meio do pinhal, só com gente que tinha menos de metade da idade dele...
Na altura não me passava pela cabeça que viesse a tornar-se um dos "mais"...

Al Prazolam disse...

Boa lista.
Mas acho que a Helena Vieira da Silva e o Cargaleiro também mereciam constar.

antonio costa disse...

Al, tens razão, mas não coloquei a Vieira da Silva porque de portuguesa só tinha a nacionalidade, nunca viveu cá, não gostava disto e nunca fez nada por isto. Era uma francesa. E o Cargaleiro porque é demasiado comercial e eu não gosto.

Cygnus disse...

O Gargaleiro é comercial?

Adriano Parreira disse...

E Sobral Centeno? E José Mouga?

Cecília disse...

E Renato Torres? Para além de excelente professor, foi pioneiro na Tapeçaria de Portalegre nos 40 e que mereceu a exposição de uma das suas mais belas Tapeçarias - "O Vento é bom bailador..." na inauguração do Museu da Tapeçaria de Portalegre.
Sou a filha orgulhosa!

Cília disse...

Não mencionei outras vertentes igualmente importantes sobre RENATO TORRES.Para além do que disse anteriormente,também era escultor e no Museu Municipal de Portalegre o óleo sobre tela "SOBREIRO" - 1945 faz parte da sua Colecção, também um óleo sobre madeira faz parte da colecção da Casa-Museu José Régio e outro que se encontra na salinha onde o poeta escrevia, com dedicatória muito expecial para o Compadre e Amigo que era José Régio. Continuo a ser a filha orgulhosa e também a previgiliada de ter convido com o poeta !

João Paulo disse...

E o António Carmo e o jovem Ricardo Paula vão ver as suas obras..........

Anónimo disse...

Faltam também Artur Loureiro e Lino António, que mercem claramente um lugar na lista.
E alguns dos que constam aí não os colocaria nem no top 100...

Anónimo disse...

Preciso com alguma urgencia contactar a filha de Renato Torres (Cecília). Será que me podem enviar o endereço de email para conceicao.roberto@spautores.pt
Desde já muito obrigada.