terça-feira, 24 de junho de 2008

Os 15 maiores cineastas italianos

Federico Fellini (Amarcord, Roma, Satyricon, 8 e meio, La Dolce Vita)
Luchino Visconti (Il gatopardo, Morte em Veneza, Rocco e os Seus Irmãos)
Bernardo Bertolucci (1900)
Ettore Scola (Feios, Porcos e Maus)
Pasolini (Salo ou os 120 dias de Sodoma)
Dino Risi (Perfume de Mulher)
Nanni Moretti (O quarto do Filho)
Marco Ferreri (A Grande Farra)
Roberto Rosselini (Viagem a Itália)
Vittorio de Sica (Ladrões de Bicicletas)
Giuseppe Tornatore (Cinema Paraíso)
Marco Bellochio (O Diabo no Corpo)
Antonioni (Blow-up)
Roberto Benigni (A vida é Bela)
Gabriele Salvatores (Mediterraneo)

3 comentários:

Hagarrakyman disse...

Vi alguns destes filmes, mas em Amarcord, a cena da gorda e do jovem marcaram-me para toda a vida. Ainda hoje acordo a meio da noite com falta de ar...

Labrosca disse...

Boa bola, Costa. Em especial para o Fellini. Vou nessa. Em tempos fui sócio do cineclube do Porto, algures para os lados do HSAntónio. Será que ainda existe?
Alguém que saiba responder?

guilherme disse...

QUEIROD DISSE..

Estou procurando o diretor italiano do filme "Antes que eles aprendam na rua"

gqueirod.rj@globo.com

Rio de Janeiro - Brasil