quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Ninguém é obrigado a ser feliz

Muitos compositores criaram ao longo dos tempos, temas musicais que causam reacção ao ouvinte.Se este for receptivo, delicia-se.Se o não é, está provavelmente morto para a vida, apenas receptivo para os valores negativos, sombrios, degradantes da dignidade humana.
Estou certo que todos nós transportamos dois eus. Um positivo,e outro negativo. Se um se desenvolve, o outro contrai-se.
A música, quase sempre valida e incentiva o eu positivo.
Chopin é sem dúvida um bom exemplo.


1 comentário:

Hagarra disse...

É claro que a menina dá uma ajudinha à felicidade...