quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Assessor do PS na Câmara de Lisboa recebeu 41.100 euros indevidamente


Jovem dirigente do PS ganha o salário de assessor a tempo inteiro ao mesmo tempo que recebe subsídios do IEFP para criar o seu posto de trabalho. Empresa criada está inactiva.

Um jovem de 26 anos, sem currículo profissional nem formação de nível superior, foi contratado, em Dezembro, como assessor técnico e político do gabinete da vereadora Graça Fonseca na Câmara de Lisboa (CML). Remuneração mensal: 3950 euros ilíquidos a recibo verde. Desde então, o assessor - que estava desempregado, fora funcionário do PS e candidato derrotado à Junta de Freguesia de Belém - acumulou esse vencimento com cerca de 41.100 euros de subsídios relacionados com a criação do seu próprio posto de trabalho.

Filho de um funcionário do PS que residiu até 2008 numa casa da CML com uma renda de 48 euros/mês, Pedro Silva Gomes frequentou o ensino secundário e entrou muito novo para os quadros do partido. Em 2006 foi colocado na Federação Distrital de Setúbal, onde se manteve até meados de 2008, ano em que foi reeleito coordenador do secretariado da secção de Santa Maria de Belém, em Lisboa. Entre os membros deste órgão conta-se a vereadora da Modernização Administrativa da CML, Graça Fonseca.
[...]
Sem comentários...
Se alguém quiser ler o artigo completo, está aqui

5 comentários:

Hagarra disse...

Como é que se faz para ser do PS?... hum?... PÔRRA! EU QUERO SER DO PÊ-ÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉSSE...

Hagarra disse...

Sim... e depois?... inquérito pr'aqui, inquérito pr'acolá... e fica tudo na mesma, não é? ÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉÉ!...

Marial disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marial disse...

Deixo-vos abaixo uma msg que recebi via email.
Qualquer semelhança com a realidade... talvez não seja pura coincidência!!!... :-(
(...e eu a pensar que só podia ser humor negro!!!)


Empresário:
-Bom dia Sr. Eng., há quanto tempo ??!!!
Ministro:
-Olha, olha, está tudo bem?!
Empresário:
-Eh pá, mais ou menos! Tenho o meu filho desempregado. Tu é que eras homem para me "desenrascar" o miúdo.
Ministro:
-E que habilitações ele tem?!
Empresário:
-Tem o 12.º completo.
Ministro:
-O que ele sabe fazer?!
Empresário:
-Nada! Sabe ir para a Discoteca e deitar-se às tantas da manhã!
Ministro:
-Posso arranjar-lhe um lugar como "Assessor". Fica a ganhar
cerca de 4000, agrada-te?!
Empresário:
-Isso é muito dinheiro. Com a cabeça que ele tem, era uma desgraça. Não arranjas algo com um ordenado mais baixo?!
Ministro:
-Sim, um lugar de "Secretário" já se ganha 3000!...
Empresário:
-Ainda é muito dinheiro! Não tens nada por volta dos 600/700???
Ministro:
-Eh pá, isso não. Para esse ordenado tem de ser Licenciado,
falar Inglês, dominar Informática e tem de ir a concurso!!!...

antónio c. costa disse...

email enviado à CML ontem:

Exmos. Srs,

Não sei a quem me dirigir, se será para o Presidente da Câmara ou para
...qualquer vereador, tendo contudo a esperança que o meu email seja
reencaminhado com vista à resolução do problema proposto.

Não sou do PS nem nunca fui, nem nunca sequer tive esse espírito de
missão que geralmente (não sempre?) faz mexer os políticos,
mas confesso que depois de receber a notícia, ontem nos canais
televisivos e hoje pelas redes sociais e demais meios, posso-me ligar
já ao vosso partido, ou à JS ou a qualquer entidade ou instituição com
ramificações ao PS. Basta dizerem-me qual.

Fiquei muito curioso (pois tendo formação e experiência de trabalho
criativo em Portugal e fora) em saber que acessoria me destinariam. Ou
poderia ser mesmo a direção de um serviço? Óptimo! De qualquer maneira
sei que a remuneração seria sempre mais de 3950 euros ilíquidos,
embora a recibo verde (o mundo não é perfeito), mas com a vantagem de
ser acumulável com qualquer prestação social ou apoio do estado.
Parece-me simpático.

Aguardo uma resposta breve, pois ainda tenho algum tempo, pelo menos
até às próximas autárquicas, e eu estou cheio de vontade de arregaçar
as mangas e meter a mão na massa (como se diz) e começar a trabalhar.

Enviarei posteriormente o meu CV e portfolio. Muito obrigado.

Os melhores cumprimentos