quinta-feira, 3 de junho de 2010

Pois

Para amenizar as coisas, aqui vão uns humildes exemplos de aproximação ocidente/oriente, em forma de música que mostram como esta arte pode unir mundos tão desavindos.
Na minha opinião, só quando as mulheres forem tidas e admitidas como tendo os mesmos direitos que os homens, alguma coisa poderá mudar no mundo muçulmano.
Mas ccala-te boca, ainda levo com uma fatwa (não sei se se escreve assim).
Vai ser difícil e o caminho longo e árduo, mas não vejo outra solução.
Vou parar por aqui, pois está a ser construído mais um colonato mesmo à frente deste texto e o muro (mais um) que estão a erguer, também não permitem que as minhas palavras o possam transpor.
Estou preocupado com o Irão. Mas Israel já não tem aquelas bombinhas nucleares? Ou já as desmantelou?

Mas vamos à música:



4 comentários:

Al Prazolam disse...

Onde se lê "colunato", leia-se "colonato"

Al Prazolam disse...

Agora também já tenho uma foto/identidade. Acho que se diz avatar, ou qualquer coisa assim.
Como o tempo escasseia, foi o que tinha mais à mão...

Óscar disse...

Agora só falta começares a publicar com regularidade!

Hagarraky disse...

Já tinha reparado! Uma identidade muito sugestiva, a modos que a sugerir reflexão filosófica, ou não seja Al Prazolan. Bem escolhido.