quinta-feira, 8 de setembro de 2011

W. B. Yeats, 1865-1939 (Quando Fores Velhinha)

William Butler Yeats foi um poeta e dramaturgo irlandês. Começou por ser romântico, continuou mais austero abandonando os longos poemas, teve influência e cargos políticos e terminou místico e com uma poesia mais inspirada no universo pessoal e familiar. Foi Nobel de Literatura em 1923.
Também teve um castelo e pediu em casamento uma mulher que recusou. Depois pediu a mão da filha dessa mulher e ela... também recusou.



WHEN YOU ARE OLD (1893)

When you are old and grey and full of sleep,
And nodding by the fire, take down this book,
And slowly read, and dream of the soft look
Your eyes had once, and of their shadows deep;

How many loved your moments of glad grace,
And loved your beauty with love false or true,
But one man loved the pilgrim soul in you,
And loved the sorrows of your changing face;

And bending down beside the glowing bars,
Murmur, a little sadly, how Love fled
And paced upon the mountains overhead
And hid his face amid a crowd of stars.

§

QUANDO FORES VELHINHA

Quando fores velhinha, grisalha e cheia de sono
Cabeceando à lareira, toma este livro,
E lê-o devagar, e sonha com o doce olhar
Que teus olhos já tiveram, e com as suas sombras profundas;

Com quantos amaram os momentos de teu alegre encanto,
E amaram a tua beleza com sincero ou falso amor,
Mas só um homem amou tua alma peregrina,
E amou as mágoas do teu rosto que mudava;

E inclinando-te sobre os ferros incandescentes
Murmura, algo tristemente, como o Amor te fugiu
E em largos passos passou as altas montanhas
Escondendo o rosto numa multidão de estrelas.

2 comentários:

F disse...

lindo. muito lindo.

Hagarra disse...

Já confessei aqui que não sou adepto de poesia (equivalente a dizer que não entendo poesia). No entanto, quando alguma entra no meu espectro de percepção delicio-me! Transcrevo o comentário de F: "lindo.muito lindo".